Restaurando um eMachines eOne

eone-versus-imac

No último fim-de-semana eu decidi encarar o desafio de por pra funcionar um PC eMachines eOne que estava parado há muito tempo.

Depois de lavar as partes plásticas, limpar as teias de aranha e instalar um HD novo que eu comprei para ele, eu conseguir fazer ele funcionar. Mas… e o CD de restauração?

O CD de restauração permite formatar a máquina e deixar tudo funcionando como se a máquina tivesse acabado de sair da fábrica. Como o eOne tem uma placa de captura de vídeo que só funciona com o programa que vem na instalação dele, eu não podia simplesmente instalar um Windows se quisesse que todos os recursos dele funcionassem. Mesmo se fizesse, ainda precisaria dos drivers. Que também estavam no CD.

Então eu tinha que achar o CD de restauração. E achei.

Se você chegou até aqui é pq também está precisando dele. Então eu copiei todos os arquivos do CD e transformei em uma imagem de disco (.iso) – que pode ser gravada em um CD virgem com qualquer programa decente de gravação – e coloquei ela no meu disco virtual do Box.net.

Também compactei os drivers separados, caso você já tenha formatado e instalado usando o seu próprio Windows e esteja precisando só deles.

Este é o link para a pasta com a imagem.

Este é o link para a pasta com os drivers.

Tem mais uma coisa: como a minha conta lá no Box.net é free, eu não posso enviar arquivos maiores que 10 megas. O imagem ficou com 140 megas. Então eu compactei a imagem e dividi em 14 pedaços usando o WinRAR.

O que você tem que fazer para ter a imagem é baixar os 14 pedaços e descompactar também usando o WinRAR. Feito isso, é só gravar a imagem em um CD e restaurar o seu eOne.

Qualquer dúvida, é só perguntar nos comentários.

Anúncios

Pense Diferente

 

steve-jobs-think-different

Aqui estão os loucos…

…os desajustados. Os rebeldes. Os encrenqueiros. Os que fogem ao padrão.

Aqueles que veem as coisas de um jeito diferente.

Eles não se adaptam às regras. Eles não tem respeito pelo “status quo”.

Você pode elogiar eles, discordar deles, citar eles, desacreditar deles, glorificar eles ou caluniar eles. Mas a única coisa que você não pode fazer é ignorar eles.

Porque eles mudam as coisas.

Eles inventam. Eles imaginam. Eles curam. Eles exploram. Eles criam. Eles inspiram.

Eles empurram a raça humana pra frente.

Talvez eles tenham que ser loucos. Como você pode ficar diante de uma lona vazia e enxergar um trabalho de arte? Ou sentar em silêncio e escutar uma música que nunca foi escrita? Ou olhar para um planeta vermelho e enxergar laboratórios sobre rodas?

Nós fazemos ferramentas para este tipo de pessoas.

Enquanto alguns veem eles como loucos, nós os vemos como gênios.

Porque pessoas que são loucas o bastante para pensar que podem mudar o mundo, são as únicas que podem fazê-lo.

Jack Kerouac – On the Road – 1955

© 1984 – Apple “Think Different” Campaign.